Diego Gurgel e Maria Tomé vendem pães e banana frita em semáforo da Avenida Ceará com a Rua Osmar Sabino, em Rio Branco.

Em um cruzamento da avenida Ceará da Rua Osmar Sabino, no bairro Estação Experimental, em Rio Banco, vendedores vendem entre os carros pães ou bananas frita em saquinhos, isso porque sem emprego formal, autônomos apostam em vendas nos semáforos da capital acreana e faturam até R$ 5 mil por mês. Um desses vendedores é Diego Guergel, de 27 anos, que trabalha com a mulher vendendo pão caseiro no semáforo.

Diego trabalhava em um posto de combustível como frentista, e ficou desempregado em 2018. Ele viu uma chance com as vendas dos pâes de terminar a construção da casa, comprar uma motocicleta e até um carro, já que não conseguia emprego de carteira assinada. “Fui demitido da empresa, temos um ponto ao lado da casa da minha sogra e a senhora perguntou se podia alugar o ponto para vender os pães. Colocou umas pessoas para vender no semáforo, não deu certo e nos oferecemos para vender”, confirmou.

Ainda segundo o vendedor, ele e a mulher conseguem tirar até 5 mil por mês se economizarem. Com o dinheiro, o casal está terminando de construir a casa, o vendedor já comprou um carro e uma motocicleta usados.