Najila afirmou em depoimento na sexta-feira (7) que o vídeo de sete minutos sobre o encontro com Neymar em Paris estava num tablet que supostamente foi roubado de seu apartamento.
O advogado Danilo Garcia de Andrade carrega Najila Trindade após o depoimento da modelo em SP.

O advogado de Najila Trindade Mendes de Souza, a mulher que acusa Neymar de agressão e estupro, disse neste sábado (8), por telefone, que pode deixar o caso, se ela não apresentar as provas que diz ter contra o jogador. Danilo Garcia de Andrade citou o restante de um vídeo que Najila diz ter gravado em encontro que teve com o craque da seleção em um hotel em Paris.

Na sexta-feira (7), Najila afirmou, em depoimento que deu à polícia, que o vídeo de sete minutos que ela gravou no hotel, no segundo encontro que teve com Neymar, estava em um tablet que foi furtado em seu apartamento, em São Paulo.

Peritos da polícia fora ao apartamento da modelo e analisaram as marcas na porta, onde só encontraram impressões digitais dela e da empregada.

A modelo disse que não registrou a invasão do apartamento porque não sabe ao certo o que foi levado. Ela disse ainda que só deu falta do tablet, de um relógio e de uma quantia em dinheiro que estava em uma bolsa.

Até agora, só foi divulgado um minuto do vídeo que ela gravou. Neste trecho, Najila bate em Neymar. Nos outros seis minutos, segundo ela, haveria elementos que comprovariam que o jogador a agrediu no dia anterior.

O advogado Danilo Garcia de Andrade disse também que Najila relatou a ele que tem provas guardadas num cofre, mas que ele ainda não teve acesso ao material.

No depoimento da sexta á polícia de São Paulo, a modelo deu duas versões diferentes sobre o segundo encontro que teve com o jogador em Paris.

Na primeira, disse que gravou todo o encontro. Em seguida, mudou a versão e disse ter desligado o celular porque teve medo de que Neymar percebesse.

Após o depoimento de seis horas, Najila passou mal e deixou a delegacia carregada pelo advogado. A defesa de Neymar disse que o jogador deve depor na próxima semana.