Cinco mulheres, três homens e duas crianças morreram no acidente.

Um ônibus de turismo que retornava para o litoral sul de São Paulo de uma excursão em Campos do Jordão, capotou na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), no trecho de Serra entre Santo Antônio do Pinhal e Pindamonhangaba (SP), causando também engavetamento e deixando 10 vítimas fatais no último domingo (9). As causas do acidente estão sendo investigadas, mas uma das vítimas que estava no ônibus contou que o veículo parecia está desgovernado.

Duas das 10 vítimas que morreram, estavam em um dos carros que foi atingido, as demais vítimas estariam no ônibus. Os bombeiros foram chamados para socorrer as vítimas por volta das 21h30. Um rapaz de 25 anos chamado Tango menge, foi o primeiro morto a ser reconhecido pela família no IML. As vítimas que se feriram gravemente foram levadas para o hospital regional de Taubaté. Ao todo 16 pessoas foram levadas para a unidade e somente três foram liberadas, as demais permanecem em estado grave.

A rodovia onde aconteceu o acidente foi totalmente interditada desde quando tudo aconteceu, e só foi liberada por volta das 6h desta segunda-feira (10). Os bombeiros chegaram a atender mais 28 pessoas no local e também na santa casa d Pindamonhangaba. Outros cinco carros e uma moto foram atingidos pelo ônibus, que segundo testemunhas estaria desgovernado. Havia cerca de 30 passageiros no ônibus, a empresa dona do ônibus, é a Brasil Santana, de Praia Grande. A viação Brasil Santana foi procurada, mas ainda não tinha se manifestado.